Em função dos dados gerados pelo grande número de processos judiciais, das diversas publicações científicas e as complexas informações de negócios jurídicos realizados pelo mundo corporativo, com gigantesca quantidade de dados gerados diariamente, existe uma demanda crescente para a utilização e análise de big data aliada ao uso de inteligência artificial, de estatísticas, predição, automação de procedimentos, entre diversas outras possibilidades. 

 

Nesse contexto, o IDP | São Paulo acaba de inovar com o lançamento do curso de curta duração em "Ciência de dados aplicada ao Direito", para ensinar noções básicas de tecnologia e análise de dados aos advogados. “A carreira de analista e estrategista de dados deve ganhar muita relevância no meio jurídico”, diz Alexandre Zavaglia Coelho, coordenador do curso. Assim como os médicos estão se valendo de tecnologia para melhorar a qualidade de seu trabalho, os advogados também podem usar os novos serviços a seu favor. 

Esse lançamento, inclusive, foi destaque da revista Exame Edição 1129 de 18/01/17, que também publicou a notícia em sua versão online. http://exame.abril.com.br/revista-exame/deixa-que-o-robo-resolve/